Riachão do Jacuípe comemora aniversário de emancipação política e ‘diploma’ vereadores mirins

por rie publicado 08/08/2015 19h34, última modificação 08/08/2015 19h34

Riachão do Jacuípe comemora aniversário de emancipação política e ‘diploma’ vereadores mirins

Houve comemoração simples, porém foi semeado o futuro político da cidade.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (12)

O município de Riachão do Jacuípe completou sábado (1º), 137 anos de emancipação política e administrativa. Os festejos tiveram inicio por volta das 10h30 com uma caminhada pelas ruas do centro da cidade com autoridades locais e os ‘vereadores’ mirins eleitos através de um projeto intitulado “governar com os jovens”, elaborado pela Secretaria de Educação, sendo acompanhado pela Filarmônica 8 de Setembro, criada em 1910.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (11)

Prefeita Tânia Matos percorreu todo percurso e ao lado de lideranças acompanhou atenta ao som de parabéns tocado pelo Filarmônica.

A secretária de Educação Ana Rita Rios, falou ao Calila Noticias que houve eleição direta nas escolas para formação dos colegiados e foi eleito um aluno e uma aluna de cada escola municipal. Participaram do projeto “Escola na Câmara” 39 estabelecimentos de ensino, envolvendo mais de quatro mil alunos, que uma vez por mês organiza a visita de uma escola a sede da Câmara Municipal para assistir a sessão e debater com os vereadores os problemas do município.

Secretaria Ana Rita Rios

Secretaria Ana Rita Rios

Estes ‘vereadores’ mirins foram empossados de forma simbólica na sessão solene de comemoração ao aniversário do município, antes foi apresentado um vídeo com suas principais reivindicações, ou seja, educação, saúde e segurança. Esta última foi a maior reivindicação.

Prefeita Tânia Matos foi esposa do saudoso prefeito Valfredo Carneiro de Matos.

Prefeita Tânia Matos foi esposa do saudoso prefeito Valfredo Carneiro de Matos.

A prefeita Tania Regina Alves de Matos (PDT), natural de Amélia Rodrigues, chegou em Riachão do Jacuípe em 1982, falou em seu discurso que escolheu Riachão como município para morar e quer o melhor para seu povo. “Aqui é o melhor lugar para se morar e peço a população mudança no modo de agir e juntos seremos mais fortes. Renovo meu compromisso de trabalhar por um Riachão bem melhor”, externou a trabalhista.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (26)

Ela disse também que não veio para salvar e sim para fazer sua parte e dar sua parcela de contribuição e que “cada uma possa também contribuir fazendo seu dever e de forma honesta”, concluiu a chefe do executivo.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (59)

O presidente afirmou que ali estava o inicio da renovação da política jacuipense.

O presidente da Câmara Célio Roberto Silva Brito (PHS), mais conhecido com Celinho da Saúde, disse aos “colegas” mirins que eles podiam sonhar, pensar e lutar pelos seus sonhos. “Um dia eu sonhei, hoje sou vereador e presidente da Câmara e minha foto será colocada na galeria desta casa mostrando que colaborei com o município”, falou Celinho. (Veja abaixo do texto a relação dos ‘vereadores’ mirins e respectivas escolas).

Para os adultos, o presidente da Câmara disse que o projeto é exemplo para o mundo, pois estava ali preparando a nova geração de políticos que irão cuidar do município.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (37)

Representando a Policia Militar no ato cívico estava o capitão Teixeira, comandante da recém criada 90º Companhia Independente da Polícia Militar de Riachão do Jacuípe, disse que ali era um ponto de partida para se desenvolver a pratica do exercício de cidadania, ao envolver a educação na política, “porque daqui a dez ou quinze anos, serão eles que estarão ocupando os cargos políticos, nós teremos que nos afastar para eles ocuparem, seja no executivo, legislativo, judiciário, na polícia militar, enfim é sempre importante a preparação para a chegada desse momento e Riachão do Jacuípe está de parabéns por essa grande inciativa de se preocupar em formar cidadãos e cidadãs”, disse o oficial.

 

Data de aniversário alterada e comemoração acontece sem feriado

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (19)

Geralmente os municípios comemoram aniversário de emancipação politica numa data festiva, feriado municipal e muita participação dos moradores. Em Riachão teve festa com a boa música da Filarmônica, a satisfação de pais de alunos e educadores, assim como lideranças políticas, mas tudo isso aconteceu com o comercio aberto e em pleno dia de feira livre.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (33)

O vereador licenciado e atual secretário de finanças da Prefeitura, Carlos Matos, falou ao CN que um município só pode ter quatro feriados locais e Riachão tem oficialmente a sexta-feira Santa e as datas comemorativas aos santos padroeiros São Roque e Nossa Senhora da Conceição e os festejos de São João 24 de junho, “o que impede obter mais uma data”, explicou Carlinhos, como é conhecido.

Segundo Carlinhos, deve haver uma discussão com a igreja católica e uma das datas, em sua opinião, São Roque, deve ser substituída pela festa da cidade. Ele também falou sobre a polêmica vivida por muitos anos sobre a data da emancipação do município que era comemorada no dia 14 de agosto e hoje, depois de muita pesquisa, concluiu que o correto é 1º de agosto.

Comemoração pelos 137 anos de Riachão do Jacuípe - Foto Raimundo Mascarenhas (17)

Matos lembrou que foi criada uma comissão, da qual ele fez parte, buscou informações nos diversos órgãos do estado, descobrindo finalmente em 2012, que 1º de agosto era realmente a data da emancipação política do município. “Foi exatamente em primeiro de agosto de 1878 que Riachão foi emancipado e no dia 25 de outubro do mesmo ano foi instalada a Câmara de Vereadores. Este erro foi corrigido e eu na época estava no exercício de vereador, apresentei um projeto de lei estabelecendo o primeiro de agosto com data oficial para comemoração do aniversário de Riachão do Jacuípe”. Concluiu.

Esta lei é de 04 de março de 2012 e pela lei antiga o município completaria 87 anos.

Riachão do Jacuípe pertencente à Área de Expansão Metropolitana de Feira de Santana e sua população estimada em 50 mil habitantes, sendo o segundo município mais populoso da RMFS entre 16 municípios. Área da unidade territorial (km²) 1.190,196. Riachão fica situado às margens do Rio Jacuípe e tem uma economia voltada para a pecuária e agricultura, destacando-se o rebanho bovino e tem como principal Rodovia a BR 324.

Veja abaixo a lista dos ‘vereadores’ que receberem diplomas.

Modelo do Diploma entregue.

Modelo do Diploma entregue.

Escola Cicero Pessoa (Vila Parecida) – Maria Alice Santos e Saulo Carneiro Mota.
Escola Carmem Silva (Sede) – Fabricio Kailan Lima e Raissa Pereira Cana Brasil
Escola Castro Alves (Chapada) – João Pedro dos Santos Vieira e Joana Evelley Oliveira de Pinto
Escola Manoel Inácio (Sede) – Fernando e Brisa
Escola Antonio Marcolino (Sede) – Karen Fabiane Vieira e Lazaro Juan Santo de Oliveira
Escola Ana Neta (sede) – Cistina Gomes de Santana, Claudiane Carneiro Vieira, Flavio da Silva Lima e Mateus Santos da Silva.
Escola Pedro Paulo Mascarenhas (Sede) – Lauelbert de Almeida Pinto e Géssica dos Santos Menezes
Escola Maria Ferreira (Sede) – Ruan Pablo Pereira Robeiro e Nadja Layane da Silva Miranda
Escola João Campos (Ponto Novo) – Ariel e Elika Marcele
Escola Pedro Ross (Barreiros) – Ana Cláudia Carneiro Lopes, Lázaro de Jesus Ramos, Gisele Oliveira Lima e Álisson Carneiro Santana.
Escola Nelson Pessoa (Sede) – Ronan da Paz Jesus e Viviane Lima Gonzaga
Escola João Emilio (Campo Alegre) – Árley Vinicius Carneiro Oliveira, Cibele dos Santos Carneiro, Walesson Santos Oliveira e Isabella Lima Oliveira.
Escola Ana Mascarenhas (Sede) – Milena Caroline da Silva Galiza e Carlos Daniel da Silva Araújo
Escola Don Avelar (Terra Branca) – Kauã Carneiro de Jesus e Fabiana Alves de Araújo Oliveira
Escola Roque Miranda (Malhador) – Cláudio Henrique Cana Brasil Carneiro e Leoderleia Almeida Oliveira
Escola Nossa Senhora da Conceição (Sede) – Kaique Joaquim Coerdeiro Mascarenhas de Sá, Cacilda Raiane Carneiro de Oliveira, Helen Silva Melo e Gilson Thiago Santos Careiro.
Escola Aurélio Mascarenhas (Sede) – Safira Almeida Mendes e Sandesson de Matos Miranda
Escola José Rufino (Chapada) – Maria Emília da Silva Lima, Dhenys Romero Mascarenhas dos Santos, Luiz Cláudio Santos Vieira e Mariana Oliveira dos Santos Freitas.

Redação CN * Fotos Raimundo Mascarenhas – Veja álbum

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.